"Vença a si mesmo e terá vencido o seu próprio adversário." (Provérbio japonês)




domingo, 11 de novembro de 2012

Individualidade.



R_42


"Quanto mais você é livre para ficar com os outros, especialmente com o seu cônjuge, mais você se sente livre consigo mesmo".

Carl A. Whitakar




"Individualidade sempre foi e continua sendo uma palavra importante. Além de ser linda, me remete diretamente a outra palavra; respeito.
Ser individualista esta a quilometros-luz de ser egoísta.
Ser individualista é respeitar seus próprios princípios e o espaço alheio.
É se permitir pensar em si sem ferir outrem.
É quase sinônimo de respeito.
Pessoalmente, valorizo mais uma pessoa que respeita sua individualidade, porque isso a fará respeitar a minha.

Dessa forma, a relação (qualquer relação; amizade, namoro, casamento, etc., etc. etc) é harmônica, cada um respeita o espaço do outro, suas vontades e necessidades.
Conheço vários relacionamentos levados aos trancos e barrancos, justamente pelo fato de um deles exigir seu direito a individualidade, mas na hora de aceitar a individualidade do seu par, simplesmente alega que são um casal.

Bem faz o Proibindo, que de pronto, avisa que certas coisas são individuais e ponto final.
Ninguém sai "vendido" na história, fica o preto no branco e todo mundo feliz.
Assim, finalizo dizendo que o dia que cada pessoa cuidar da sua própria vida, o mundo será melhor, não perfeito, mas muito mais feliz."




 Equipe Blog Temático

www.blogtematico.blogger.com.br/



A Evolução da Individualidade
Por: Moacyr de Lima e Silva




A preocupação demasiada, concentrada nas obrigações estafantes e desumanas, frutos da insensatez da sociedade moderna, vai minando as energias corpóreas, levando-nos aos poucos, mas de forma ininterrupta, ao estado de estresse, que, ao atingir graus muito elevados, começa a sobrecarregar as coronárias, até o dia em que o limite é ultrapassado e daí pra frente muita coisa pode acontecer, podendo vir a atropelar nossa trajetória, de forma compulsória e irreversível. Pois é, é isso mesmo que estamos fazendo com a nossa vida – lutando arduamente para atingirmos a satisfação de nos sentirmos realizados, dando mostras de que somos vencedores, para depois, quando chegarmos – se chegarmos – ao ponto de atingirmos uma idade mais avançada, partirmos para o "curtir a vida", que para muitos é o "não fazer nada", e ponto final.

A vida nos é concedida para cumprirmos um determinado trato, acordado conforme nosso nível espiritual, antes de nascermos neste mundo da matéria, daí o nosso predestino determinar onde, quando e como deverá ser nossa vinda para cá. Daí, em cumprimento a essas determinações, nosso destino é traçado, de forma a atingir os objetivos criados para nós, só que cabe somente a nós próprios o que deveremos fazer com esse destino – a isso damos o nome de livre arbítrio – portanto está em nossas mãos o nosso crescimento espiritual, dentro da evolução da nossa individualidade, no tempo e no espaço – isso faz parte integrante da Verdade da Criação, mesmo que teimemos em contestar ou não queiramos acreditar. Para atingirmos o nível espiritual suficiente com o fito de ganharmos o mérito de virmos a viver no Mundo Ideal, com tempo suficiente para "curtirmos" bons momentos, é imprescindível lutarmos arduamente para chegarmos lá, e o único caminho só pode ser o do cumprimento da nossa missão de vida, como operários construtores desse novo mundo – fora disso, o melhor mesmo será "pendurarmos a chuteira", pois nada mais pode ser feito por nós. _O momento é hoje, a decisão é nossa.

A personalidade é aparente, é palpável, é demonstrativa, portanto ela faz parte do mundo físico, onde muitas coisas podem ser escondidas e mascaradas, razão pela qual muitas nulidades acabam sendo enaltecidas e até copiadas por grande número de idolatras e tolos. O culto às personalidades medíocres, porém de destaque na sociedade, só faz por fomentar a valorização de tudo aquilo que não acrescenta nada à evolução da cultura. Se tomarmos como exemplo os participantes dos "reality shows", que são ovacionados por milhares de pessoas, de qualquer idade, de diversas localidades, até de diferentes níveis culturais, fica fácil compreender o que estou querendo mostrar.

A individualidade é invisível, é interiorizada, é também evolutiva, mesmo quando sofre queda de nível, por influência de energias negativas. A individualidade não envelhece, mas ganha experiência constantemente, ao passar dos tempos. Quando ela se manifesta em sua plenitude, a qualquer momento acaba refletindo na personalidade, a ponto de acabar por desvelar o íntimo que esteja escondido nas aparências ilusórias, sejam elas boas ou más – essa é a hora onde a realidade aparece, provocando frustrações nos menos avisados, justamente naqueles que têm o péssimo costume de fazerem julgamentos, baseados somente nas aparências, achando que são capazes de analisar o bem ou o mal na figura ou nas ações dos outros.


Como a individualidade é inerente ao nosso espírito, a evolução dessa partícula irá nos levar a cada vez mais quantidade de informações e aprendizado, norteando-nos para o crescimento espiritual, fortalecendo nossos sentimentos mais nobres, nossos pensamentos mais elevados e nossa vontade mais tenaz. Toda essa força é que cria o entusiasmo necessário para nos propormos a lutar pelo objetivo maior de alcançarmos o iluminismo, o único caminho da salvação plena, espiritual e física, ou seja, o caminho da preparação para ganharmos o mérito de vivermos como habitantes do Mundo Ideal, logo após a depuração de toda sujeira material e espiritual, que foi espargida neste planeta, durante tantos séculos, e que nos dias de hoje está chegando ao limite.

Um comentário:

  1. "Assim, finalizo dizendo que o dia que cada pessoa cuidar da sua própria vida, o mundo será melhor, não perfeito, mas muito mais feliz."

    Palavras sábias.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita.
Volte sempre!!
Rejane

Visite meu arquivo .

Textos no arquivo :


"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe





"Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!"



Clarice Lispector