"Vença a si mesmo e terá vencido o seu próprio adversário." (Provérbio japonês)



“Presos ou soltos, nós, seres humanos, somos muito cegos e sós. Quase nunca conseguimos transcender os nossos estreitos limites para enxergar os outros e a nós mesmos sem projetar o nosso próprio vulto na face alheia e a cara dos outros na nossa.”


"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe





"Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!"



Clarice Lispector



sexta-feira, 20 de abril de 2012

O silêncio cura .






Por : Maria Luiza Marins Holtz

Ao pesquisar, buscando informações sobre o Silencio, fiquei admiradíssima ao saber a respeito da força, do poder e dos benefícios do Silencio.

Silêncio… Do Latim silentium, silere… Tem o sentido de calar…


“Abstenção voluntária de falar, de pronunciar qualquer palavra ou emitir qualquer som, de escrever, de manifestar os pensamentos”. Michaelis

Estudos científicos sobre o comportamento humanos e já comprovados pela medicina, descobrem que a prática diária do Silencio é um excelente remédio contra o estresse.

O Silencio gera a harmonia, a serenidade, o relaxamento interior… Estimula a atenção consciente e a intuição criativa e melhora muito o desempenho pessoal e profissional no dia a dia… Porque o Silencio é muito mais eficaz do que mais de mil palavras.

Quando estamos angustiados, perdidos e incapazes de nos acalmar… Quando o nosso interior está barulhento… Quando estamos vivendo numa constante perturbação… Quando os nossos pensamentos estão agitados como num rodamoinho… Quando falamos demais achando que estamos sempre certos e não somos ouvidos… Quando nossas palavras são deturpadas e mal interpretadas… Está na hora certa de praticar o Silencio…Tanto no calar como no evitar qualquer ruído com os pés, com as mãos, com os movimentos, com os sons de TV, de rádio… Procurando – mesmo na cidade – ouvir apenas os sons da natureza… Vento, árvores, pássaros, chuva…

Um tempo diário de Silencio equivale a horas de repouso, a um delicioso descanso e uma trégua para que as nossas inquietações não tenham força e poder sobre nós.

A prática diária do Silencio – sem medo – faz com que nos conheçamos melhor e a nossa realidade… Então, admitimos nossas imperfeições… Encontramos a melhor maneira de agir… Atingimos a tranqüilidade… E percebemos que os outros são diferentes de nós.

O nosso Silencio se arma de tal força que faz manifestar a nossa fortaleza, grandeza e bravura de personalidade… E nos livra da necessidade de responder provocações, vingar ofensas, contestar o que discordamos… Porque o Silencio intimida e faz com que o ofensor escute e receba de volta, como um bumerangue, tudo o que ele falou. Pois, falar demais demonstra pequenez, fraqueza, insegurança, medo…

Permanecer em Silencio é confiar a Deus tudo o que está fora do nosso alcance ou da nossa capacidade… É reflexão… É meditação… É uma poderosa oração de louvor…

Um longo tempo de Silencio é especial e único para uma profunda comunhão (comum união) tranqüila com Deus que – para “falar” conosco – precisa da quietude da nossa alma e não de palavras e sons. Assim… Envolvidos pelo Seu Espírito Santo, que habita em nós para apaziguar o nosso coração, acalmar as nossas emoções, rever nossa conduta, nos avaliar, nos amadurecer… Nos tornamos livres para receber as soluções que somente Ele nos pode dar… Alem de conter os nossos impulsos de agredir e machucar com pensamentos e palavras.

O nosso Silencio purifica e valoriza as palavras que ouvimos. Permite a ampliação da nossa percepção, a interiorização e nos deixa prontos para entender e aprender qualquer coisa.

Quando silenciamos antes de falar – criando uma intenção de acolhimento, de amor, de paz, de boa vontade, de alegria, os nossos pensamentos – através das nossas palavras – tem força e poder até de transformar pessoas e ambientes.

Viver com simplicidade facilita e estimula muito a atingirmos o nosso Silêncio interior que nos conduz à contínua comunhão com Deus e à paz permanente da nossa alma.


“Já não corro atrás de grandezas ou das coisas fora do meu alcance… Meus desejos se acalmaram… Estou sossegado e tranqüilo como uma criança satisfeita no colo da mãe… Espera no Senhor, desde agora e para sempre” 


Salmo 131(130).





                 SILÊNCIO :Pense sobre isto!!


Você pára pra pensar em sua própria vida? Você consegue ter um tempo com você mesmo para reflexão? Ou vai se empurrando com a barriga na frente da TV?


Se autoconhecer-se fosse uma tarefa de trabalho com certeza você já teria resolvido. Viraria prioridade, não é mesmo? Como você está no campo pessoal?



A torneira fica pingando e a lâmpada queimada do corredor não é trocada nunca?


                   NÃO NEGLIGENCIE AS RÉDEAS DA SUA VIDA.



Decidir, tomar atitudes e fazer escolhas são necessidades diárias. Temos o livre arbítrio para construir a nossa felicidade, e sendo assim precisamos agir. Não tem outra saída a não ser olhar para dentro de si mesmo.


“Algum dia, em qualquer parte, indubitavelmente, terás que te encontrar contigo mesmo. E só depende de ti que seja a mais amarga de tuas horas, ou teu melhor momento.”
M. de Combi.


Reflita bastante e não tenha pressa para decidir, mas também não demore muito. Aprendemos a andar caindo e levantando. O assunto em si é a sua felicidade. Vai deixar a vida passar? Tenha coragem! É melhor se arrepender do que você já fez do que se arrepender pelo que não fez. Coragem.


Enquanto nos procuramos – introspectivamente – precisamos questionar os nossos níveis de satisfação pessoal e ir para a balança decidir o que é melhor para a vida da gente. Se esse ou aquele caminho – e haja caminhos! – ou caminho nenhum. Temos que ter calma conosco. No fundo, lá no fundo, sabemos o que queremos, só não nos ouvimos.


     É UMA TAREFA NOSSA PROFETIZAR OS NOSSOS PRÓPRIOS DESEJOS.


Você cria a forma na mente e materializa usando a palavra. Fale com você mesmo num tom tranquilo, equilibrado, e exercite a sua força de profetização. Pare pra se escutar falando o que você deseja em sua vida. Use e abuse do verbo e concretize os seus sonhos.


      VOCÊ MESMO TEM QUE SE OUVIR!


Sua vida não é fofoca pra você sair contando por ai. E o mal é o que sai da boca do homem – gera inveja e sentimentos menores. Quem deve querer o bem maior para você é você mesmo. Vamos nos entender ou procurar nossos defeitos nos outros? Vai cair no campo das justificativas?


A força esta dentro da gente. Tudo o que vem de dentro tem mais poder. Lembre-se disso! E você é a maior invenção de Deus e ainda tem o livre arbítrio a seu favor.


Para exercitar esses trabalhos reflexivos indexe-se ao tempo da natureza.Por exemplo, concentre-se nos horários de mudança das marés ou dasfases da lua. Alinhe-se no tempo do Universo que é mais caprichoso e garantido. Não perca tempo.




Fonte: http://www.blogdovaldikim.com.br/







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita.
Volte sempre!!
Rejane

"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe "Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!" Clarice Lispector

Textos no arquivo :

Visite meu arquivo .