"Vença a si mesmo e terá vencido o seu próprio adversário." (Provérbio japonês)




quinta-feira, 11 de abril de 2013

VOCÊ É TOTALMENTE RESPONSÁVEL POR TUDO QUE LHE ACONTECE





Como culpar o vento pela desordem feita se fui eu quem esqueceu a janela aberta?

Douglas Bucalem




"Não acontece aos homens aquilo que eles merecem, mas sim o que se lhes assemelha."

Louis Pauwels




Se olharmos objetivamente nossa realidade, veremos que existem pessoas que nos magoam, que nos tratam mal, que são desleais etc.

 Entretanto, subjetivamente, somos nós que atraímos pessoas e acontecimentos negativos, pela propagação de ondas também negativas. As ondas emitidas pelo pensamento, palavras e atitudes nos trazem o retorno correspondente. E como este retorno se processa? Na mesma moeda? Nem sempre. Muitas vezes alguém nos fere emocionalmente e tem seu retorno no lado material, por ser este o seu ponto vulnerável naquele momento.

Muitas pessoas têm retornos negativos sem "motivo aparente", tais como angústia, depressão, melancolia, sentimento de solidão etc. É muito comum afirmarem: não entendo porque acontece tanta coisa ruim para mim ... eu não faço mal a ninguém ... etc. Na realidade, fazem mal a si mesmas com seu próprios pensamentos, mas não têm consciência de sua mente negativa e acham mais fácil culpar terceiros.

Mais modernamente, as ondas emitidas pelo pensamento vêm sendo abordadas pela chamada Física Escalar. Salvatore de Salvo, em sua obra "Sinfonia da Energética", nos explica a teoria das energias virtuais e das ondas escalares que esclarecem até os fenômenos da telepatia e da radiestesia.

Da mesma forma, esta teoria explica as ondas do pensamento e seus retornos. Assim, se você pensa ou fala uma frase negativa, o retorno será também negativo, em forma de situações ou pessoas. Até aquela "puxada de tapete" que levou em sua vida foi criada por você. Mas a tendência é "apontar o dedo" para os outros, quando deveria voltá-lo para si mesmo.

A crítica, uma das vibrações negativas mais comuns, é responsável por uma série de situações ou pessoas negativas que atraímos. O orgulho, o autoritarismo, a intolerância, a impaciência, a vaidade excessiva do EGO etc., são expressões corriqueiras, mas responsáveis pelos acontecimentos negativos que deparamos ao longo de nossa vida.

E como melhorar? Primeiramente, é preciso se conhecer profundamente, para, em seguida, escolher e aplicar uma ferramenta adequada à sua autotransformação.


Inicie sua auto-análise perguntando-se: eu sou uma pessoa positivista?


Antes de responder, analise as seguintes situações comuns:
1. Quando alguém lhe pergunta COMO VAI? Você responde: "mais ou menos", "vou indo", "vou vivendo", "levando" ou desata a contar a todos os seus problemas. Se você se encaixa nessas situações ou similares, vai continuar MAIS OU MENOS, INDO, LEVANDO, VIVENDO como sempre, além de agravar os seus problemas por estar emanando repetidamente as respectivas ondas negativas cada vez que fala com alguém.

2. Quando fica doente, conta para todos, numa tentativa (consciente ou inconsciente) de atrair atenção (e a compaixão) pela dor? Se procede desta maneira, sua auto-estima deve estar muito baixa. É possível atrair a atenção (e a admiração) pelas suas qualidades que, com certeza, devem ser muitas.

3. No ambiente de trabalho, quantas vezes se flagrou pensando: "ninguém me dá o justo valor", "trabalho como um burro de carga e ninguém reconhece", "ele não faz nada e ganha muito mais do que eu, que injustiça", "ele é um incompetente", "esta empresa é uma droga" e outras que você já deve ter se lembrado.
Já lhe ocorreu que as pessoas ao seu redor REAGEM às ondas que você emite? Como quer ser reconhecido, ganhar mais, trabalhar numa empresa melhor, atrair bons colegas etc., se dentro de você existem apenas críticas e lamentações? Que ondas você está emitindo, positivas ou negativas?

4. Na área afetiva, quantas vezes se flagrou pensando "ninguém me ama", não consigo ter alguém", " fulano ou fulana vive me magoando", "pensa que me engana", "aposto que está mentindo", "quanta cobrança", "assim não dá", "se quiser, vai ser assim", "no início era gentil, agora ...", etc.

Como pode almejar um relacionamento harmonioso se não acredita em você e em seu parceiro ou parceira? Como quer ser amado ou amada se não se ama? Como deseja ter alguém, se não faz concessões? Como quer fidelidade se não acredita que isto seja possível?

No início falamos em crenças absorvidas de nosso meio, lembra-se? Quando era criança, quantas vezes ouviu de seus pais "você não faz nada direito", "esta conversa é de adultos, retire-se", "você é irresponsável", "não adianta mesmo, você não aprende" etc. As críticas sempre foram muito mais enfatizadas do que os elogios. E se já tem filhos, quantas vezes falou o mesmo para eles, quantas críticas foram feitas em relação a cada elogio?

Assim, como alguém tão humilhado e desvalorizado poderá se tornar uma pessoa positivista?
Ainda no ambiente familiar, quantas vezes presenciou discórdias entre seus pais? E quantas vezes os presenciou namorando? Qual foi a imagem que eles projetaram da vida, fácil, agradável ou dura e difícil? E se você já tem filhos, qual é a imagem que está projetando para eles?

Como você está neste momento de sua vida? Feliz, saudável, satisfeito sob todos ou quase todos os aspectos? E você acredita que isto é possível? Ou costuma afirmar que "não se consegue tudo na vida, quando um lado está bom, o outro despenca" ou " até que enfim algo de bom está acontecendo para COMPENSAR o resto". Então você acredita que o bom somente existe como forma de compensação?
Finalmente, reflita sobre os aspectos positivos de sua vida. Você consegue enxergá-los mesmo em situações bastante complexas? Ou presta mais atenção aos aspectos negativos? Quando se lembra do passado, fica remoendo os maus acontecimentos ou adora se lembrar dos bons? Você agradece, antes de dormir, por tudo de bom que lhe ocorreu ou dorme pensando nos problemas?

Depois desta análise, responda-me, você é uma pessoa positivista?




Desenvolva sua percepção e mude seus padrões mentais:
Em todas as situações, por mais desagradáveis que sejam, existem sempre três lados: o negativo, que a maioria enxerga, o positivo, que raramente conseguem ver, e o terceiro lado que corresponde à MENSAGEM do momento, que nada mais é do que a LIÇÃO a ser aprendida.

Comece a prestar mais atenção nas situações que vivencia ou faça uma retrospectiva de sua vida. Tente perceber esses três lados e os seus EFEITOS no presente. Não se esqueça que o passado é imutável, mas seus efeitos podem ser trabalhados a qualquer instante. O mais importante é investir agora, em seu PRESENTE, que é a preparação para seu FUTURO.

Como exercício para o desenvolvimento de sua percepção, sugiro tirar algumas fotos de uma paisagem, em diferentes distâncias: a primeira bem longe, mostrando uma visão AMPLA do local; a segunda mais próxima, onde poderá observar alguns detalhes; a terceira bem mais próxima, focalizando algo importante, que se destaca naquela paisagem. O ponto de referência deverá ser sempre o mesmo, variando apenas as distâncias.

Contemple a primeira foto, analise a paisagem como um todo, anote o que acha interessante. Em seguida faça o mesmo com a segunda e a terceira fotos. Compare o que escreveu para cada uma e verá que, de cada ENFOQUE, você percebeu algo interessante e diferente.

Faça o mesmo com sua vida. Primeiramente "fotografe sua vida" de forma ampla, observe e faça suas anotações. Em seguida, aproxime o "foco" cada vez mais e anote. Faça o mesmo com situações que está vivenciando e descobrirá muita coisa que havia passado despercebida.

Além do desenvolvimento de sua percepção, será necessário também reeducar sua mente e, consequentemente, suas ATITUDES mudarão. Sua expressão e seu entorno são reflexos do seu interior, SEMPRE. Algumas regras poderão ser seguidas diariamente. Não são difíceis, mas exigem persistência, pois todos fomos acostumados a pensar de forma incorreta. Se você perseverar, gerará dentro de você uma grande transformação:

1. PARE DE SE LAMENTAR. Por pior que esteja sua vida, assuma que é o retorno do que já foi feito e que, de agora em diante, sua mente trabalhará a seu favor. Olhe ao seu redor e veja quanta coisa você já conseguiu em sua vida, quantas pessoas o procuram e gostam de você. Se perdeu bens materiais, emprego, dinheiro, amor, é PASSADO. Você atraiu tais situações em virtude da mente e atitudes negativas. Mas tudo poderá ser superado porque o tempo lhe trouxe novas experiências que o capacitaram a atrair situações e pessoas melhores. CONFIE EM VOCÊ e afirme sempre que sua vida está ótima.

2. PARE DE SE DESVALORIZAR. Enxergue-se positivamente e veja SEU PRÓPRIO VALOR, sem vaidade excessiva do EGO. Pare de exigir reconhecimento dos outros. Se você tem certeza de que faz o melhor, elogie-se, reconheça-se e acabará atraindo reconhecimento. Reafirme sempre EU SOU CAPAZ, EU ME AMO E SOU AMADO. Se ainda não se acha capacitado profissionalmente, vá à luta e faça uma lista do que deverá estudar ou praticar para melhorar seu desempenho.

3. PARE DE CRITICAR os outros e a si próprio. Você não vai jamais mudar ninguém, muito menos através da crítica. Se deseja ajudar alguém, indique bons livros, cursos, terapeutas etc., jamais critique. Da crítica emanam energias altamente negativas que retornam para si mesmo. Com os filhos e subordinados adote o diálogo, a troca de informações, o elogio.

4. VIGIE SUA MENTE. Até que sua mente esteja relativamente reeducada, preste mais atenção aos seus pensamentos. Quando se flagrar em pensamentos negativos, emita um COMANDO MENTAL: "cancele este pensamento" e neutralizará as ondas negativas, se houver sinceridade em suas palavras.

5. TORNE SUA MENTE MAIS FLEXÍVEL.. Desenvolva a flexibilidade mental praticando exercícios corporais, pois existe uma interação total entre mente e corpo. Uma mente flexível permite enxergar as situações sob novos prismas. Mesmo que você não evite determinadas situações ou problemas, poderá enxergá-los de uma outra maneira e solucioná-los sem ansiedade e nervosismo.

6. DESENVOLVA SUA CRIATIVIDADE: a "criação" é a maior dádiva que herdamos. Todos nós a temos em potencial, embora algumas pessoas a acessem com mais facilidade do que outras. Muitas vezes temos idéias extremamente originais ou inovadoras e não temos a ousadia necessária para as expor ou aplicar. O novo sempre é assustador para a grande maioria. Preste mais atenção às suas idéias e sempre que surgir alguma que lhe pareça estranha ou ousada, reflita mais atentamente sobre a mesma. Durante muito tempo a criatividade foi associada às artes, em geral. Hoje sabemos que no mundo dos negócios o que mais conta é a originalidade e a ousadia de correr riscos.

7. PENSE POSITIVAMENTE. Com sinceridade e utilizando-se dos métodos de diagnósticos propostos neste livro, proceda a uma auto-análise. Verifique o que precisa ser mudado e, para cada caso, escreva uma frase positiva, de acordo com as seguintes regras:

a) As frases deverão ser expressas no tempo PRESENTE. Traga o futuro desejado para o presente. Ex.: se você é crítico, afirme: "sou tolerante e aceito as pessoas como são". Se é autoritário, diga: "uso corretamente minha autoridade e respeito a opinião dos outros". Na realidade, você deverá mentalizar o contrário do aspecto negativo que deseja transmutar.

b) Nunca use em suas frases palavras negativas como: NÃO, NUNCA, NEM, NINGUÉM etc. Assim, não afirme "não sou ciumento" e sim "confio em mim e em meus semelhantes".



c) Não use verbos que denotem o FUTURO, como QUERER, DESEJAR, ALMEJAR etc. Você estará sempre jogando para o futuro o que deseja alcançar. Diga: "eu já sou ....", "eu já tenho ...", "eu já estou ...".



As mentalizações positivas devem ser feitas sempre que tiver um tempo disponível, no trânsito, no intervalo para almoço, à noite etc. Mas sempre que possível, faça-as em estado de relaxamento, pois terão um efeito mais rápido, principalmente se forem feitas antes de dormir.





Fonte: astrologia-esoterica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita.
Volte sempre!!
Rejane

Visite meu arquivo .

Textos no arquivo :


"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe





"Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!"



Clarice Lispector