"Vença a si mesmo e terá vencido o seu próprio adversário." (Provérbio japonês)



“Presos ou soltos, nós, seres humanos, somos muito cegos e sós. Quase nunca conseguimos transcender os nossos estreitos limites para enxergar os outros e a nós mesmos sem projetar o nosso próprio vulto na face alheia e a cara dos outros na nossa.”

Visite meu arquivo .

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Mude sua vida-





Mudanças, Borboletas e Pudim de Leite .

Por Armando Ribeiro 

 

O que deixamos que os outros fizessem conosco. É a partir dessa reflexão que adquirimos novas atitudes e comportamentos para ter o domínio das mudanças pessoais.

Passamos pouco a pouco a entender, ter visão e sentir.  
Nessa hora alguns estarão perguntando e as mudanças sobre as quais não temos nenhum controle? Como fazer? Eu arrisco uma resposta: não faça nada. Não temos controle mesmo. Deixe acontecer.


Gosto de contar a história real de um australiano. Bom pai, bom marido, bom cidadão e aberto as mudanças da vida. Metódico, gostava de almoçar com os amigos sempre no mesmo restaurante da pequena cidade no interior da Austrália onde vivia. Sempre na mesma mesa e na mesma cadeira.

Um belo dia há milhares de quilômetros da Terra um meteorito sai de sua rota e vem em direção ao nosso planeta.

Na esmagadora maioria das vezes, pela velocidade, pelo tamanho e pelo atrito com a atmosfera terrestre 99,99999999% desses meteoritos viram pó. 

Esse em particular era um pouco maior, e em contato com a atmosfera da terra não se dissolveu completamente e ficou um pouco menor do que uma bolinha de gude (das pequenas) e foi caindo. Imaginem quantos milhões de quilômetros quadrados temos no nosso planeta? Desses milhões de quilômetros é sabido que mais de 2/3 são de água.

Esse meteorito, do tamanho de uma bolinha de gude, resolveu cair, exatamente na hora do almoço, numa pequena cidade do interior da Austrália, furou milimetricamente o telhado do restaurante, e caiu sobre a cabeça do nosso herói, que morreu instantaneamente com o impacto.

Ninguém mais se feriu. Alguns nem perceberam o que aconteceu.

Na autópsia do nosso herói foi colocada como causa mortis: impacto por objeto esférico de origem desconhecida. Sabem qual é a probabilidade de isso acontecer?

Nem tentem imaginar!!! 

Moral da história: existem coisas que jamais iremos controlar, mudanças que não dependem de nós; então deixe acontecer; por que se preocupar? 

Vejam as pessoas que são felizes e que promovem mudanças. Observem como elas fizeram para chegar aonde chegaram. Pesquisem os sinais que aparecem à sua volta.

As mudanças organizacionais começam a partir das mudanças individuais. Em qualquer tipo de organização, familiar, profissional, religiosa etc. 

As pessoas que mudam formam equipes que tem o mesmo foco e objetivos claros, usam o aprendizado individual e promovem transformações. Tornam-se massa crítica. Fazem acontecer. Um indivíduo apóia o outro e formam uma rede que sustenta as mudanças da organização. O PUDIM DE LEITE do título?

Nada tem a ver com nossa história de hoje. Sou fã de PUDIM DE LEITE e antes de sentar para escrever preparei uma fôrma, misturei os ingredientes, coloquei para cozinhar.

Neste exato momento o “timer” do fogão avisou que já está pronto. 
Sinto o cheiro daqui! Estão servidos? 

Não existe mudança igual a esta: depois de escrever, deliciar-se com um farto pedaço de pudim de leite.

Experimentem!!!!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita.
Volte sempre!!
Rejane

"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe "Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!" Clarice Lispector

Textos no arquivo :

Mudanças


"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe





"Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!"



Clarice Lispector