"Vença a si mesmo e terá vencido o seu próprio adversário." (Provérbio japonês)



“Presos ou soltos, nós, seres humanos, somos muito cegos e sós. Quase nunca conseguimos transcender os nossos estreitos limites para enxergar os outros e a nós mesmos sem projetar o nosso próprio vulto na face alheia e a cara dos outros na nossa.”

Visite meu arquivo .

domingo, 31 de maio de 2009

Coletânea sobre felicidade - Ser feliz - Você realmente deseja?

                             
   Estou olhando para a pessoa responsável pela minha felicidade:        Eu !!
  

                                                            

                                               Ser feliz é uma conquista .

    “ Olhar para dentro de si mesmo não é um caminho muito fácil de ser trilhado. Você tem que estar preparado pois a introspecção esconde armadilhas.Antes de se encontrar ,você vai se perder.Quando você começar a se libertar das amarras do que convencionou chamar de realidade, para cada resposta que obtiver , duas novas perguntas vão surgir . Para mergulhar dentro de si  é preciso abandonar muita coisa. Deixar para trás muitos mitos e certezas que temos a respeito do mundo e de nós mesmos e isso muitas vezes dói, mas é o preço que se paga para termos acesso as nossas maiores potencialidades como seres humanos.”

                                                                    André Aquino          



" Toda mudança é para melhor!!".
Fernando Sabino


"EU QUERO SER FELIZ" - EU QUERO ?


IRINEU DELIBERALLI


É tradicional, quando perguntamos à qualquer pessoa, o quê ela mais quer na vida, e é natural a resposta...."EU QUERO SER FELIZ". Se todas as pessoas, afirmam categoricamente, EU QUERO SER FELIZ, por qual motivo, na sua maioria das vezes, elas não conseguem esta felicidade???


Poderíamos enumerar, uma série de motivos, que contribuem de maneira contundente, ao boicote de nossa FELICIDADE, mas certamente, temos um que é o principal, e precisamos com urgência, despertar nossa consciência, para enfrentá-lo e superá-lo.


Falamos das nossas CRISTALIZAÇÕES MENTAIS. Vamos explicar um pouco, como todos nós estamos a cerca de milhares de anos, vivendo o engodo desta grande armadilha. Para se começar a entender um pouco disso, temos que parar um pouco nossos pensamentos e nos atermos a esta afirmação:



"TUDO AQUILO QUE VIVEMOS NO PRESENTE, NO AGORA, VAI PARA UMA REGIÃO DE NOSSA MENTE CHAMADA SUBCONSCIENTE (OU INCONSCIENTE PARA OS MAIS ORTODOXOS) E LÁ FICA GUARDADA, COMO FICARIA NUM ARQUIVO, ESPERANDO ALGUM MOTIVO OU ACESSO PARA SER REELEMBRADA. "



Todas estas informações arquivadas (é nosso patrimônio pessoal) fazem parte de nossas experiências de alma, e diante de uma imagem, som, cor, cheiro,lembrança ou semelhança, elas saem do arquivo, e se misturam com nosso momento presente, alterando este momento, trazendo-nos as mesmas emoções, e todas as conseqüências, boas ou más que elas geraram, sem que nós nos déssemos conta desta realidade.


O ser humano é um animal racional, ele raciocina, elabora, abstrai e o aprendizado é feito principalmente, por imitação. A criança imita o adulto, naquilo que ele faz, e não no que diz. A criança só nos imita no que dissermos, se o fizermos também. Portanto, aquilo que eu imito, eu aprendo: o quê eu aprendo, guardo no arquivo , e esta informação fica lá, esperando a oportunidade de ser novamente lançada fora, como um conhecimento adquirido.



Volte ao seu passado..., e veja até onde você consegue se lembrar de sua infância; perceba, há um limite .... você lembra algumas coisas e outras não consegue.... Imagine... que você já teve múltiplas vidas.... (a Psicologia Transpessoal lhe prova, caso duvide) ... e que toda sua história, está arquivada em seu SUBCONSCIENTE, e mesmo não se lembrando agora das experiências vividas, ela está aí, dentro... e quando um evento qualquer é acionado, você acaba agindo, de acordo com as informações que tem no arquivo, e não como gostaria de estar agindo, visando a conquista de sua felicidade.




Observe que você tem medos e não sabe de onde vêm. Sente-se inseguro e não sabe o motivo; sente-se desconfortável com as atitudes dos outros, que mexem com seu interior e não se lembra de ter vivido estas experiências nesta vida.




Outras suas atitudes, não são de bloqueios...são de ousadias, precipitação, são de agir sem pensar, agressividade, compulsão.... Estamos querendo que entenda que nós humanos, agimos principalmente POR MOTIVOS SUBCONSCIENTES (Inconscientes) .




Normalmente estes motivos SUBCONSCIENTES/Inconscientes, são os responsáveis pelas maiorias de nossas atitudes, pelo padrão de infelicidade que mantemos em nossas vidas. O PASSADO HABITA NOSSO PRESENTE .... a todo o momento.




Nós temos inúmeras mensagens do passado que controlam o que somos hoje.Eu ainda não sou o que devo ser.... eu sou ainda o produto de minha educação.É provável que eu tenha em meu arquivo, uma série de coisas que preciso aprender a jogar fora e não sei como.... São estas coisas que não me servem, que provocam o sofrimento que tenho.




Reafirmamos, que tudo o que está neste meu arquivo da minha mente, são as experiências acumuladas, e os traumas, que vivi e não me libertei, e aparecem agora, como medos, inseguranças, mágoas, tristezas sem saber motivos, raivas incompreendidas, comportamentos compulsivos e obsessivos, e apegos entre outros.




Este é o meu lixo psíquico, que preciso aprender a me livrar. Não há mais espaço para mantê-lo em minha vida. Eu mereço ser feliz, e este entulho não tem me deixado.




Quantas crenças, quantos valores, quantas informações de desequilíbrio, temos armazenadas, em nossa mente. No universo, o que impera é a LEI DO AMOR. O que mais fazemos conosco, é praticar o desamor. Nos ensinaram, e a música já diz, que tudo que é bom, é proibido ou engorda.




Vivemos num processo de extrema manipulação espiritual. Seres que em épocas bem antigas, cerca de 300.000 anos atrás, aportaram na terra de outros mundos, mudaram nosso código genético, implantando uma nova filosofia no planeta, e nós que estávamos sendo preparados para sermos a luz que somos, estamos todo este tempo, vivendo sob o império dos medos. Medos que comandam, que impõe, e que limitam o ser humano a não viver o DEUS que cada um de nós É.




Quase que deixamos a criatividade de lado. E quando não criamos não descobrimos o Deus que cada um É.Talvez, atualmente uma das poucas coisas que fazemos aqui na terra, imitando o Grande Criador, é sermos Mãe e Pai. Só na procriação imitamos a nossa própria fonte geradora de vida. Em outras atitudes, estamos muito longe daquilo informado pelo Cristo...."vós sois deuses...".




Nossa proposta é que siga conosco, e venha aprender a lidar com o Deus que você é, e aprenda a jogar fora, estes conteúdos que não lhe servem para mais nada, e se abra para o novo, o novo ser, a nova consciência, e deixe o TEU CRISTO INTERIOR, conduzir tua vida. Vamos aprender um pouco mais sobre nossa história psíquica e verdadeiramente, assumirmos quem de fato somos ????





Quando eu me permito ser feliz?







Tenho sido, nesta vida, um buscador de minha luz. Por isso tenho encontrado nesta caminhada mais sombras internas do que a minha tão esperada luz! O passar dos anos, o tempo, a vivência do dia-a-dia vão me ensinado que por trás de toda sombra que sempre aparece e enfrento, dá-se automaticamente o sentimento da libertação, a percepção da existência da minha plenitude, da minha parte melhor: o meu Eu divino.




Como estudante permanente dos grandes mestres da psicologia e me baseando principalmente nos três que considero os mais significativos - Freud (psicanálise), Jung (analítica) e Moreno (psicodrama) - tenho passado uma parte considerável do meu tempo envolvido com a aprendizagem dos conceitos desses seres, visando ter um material adequado à compreensão da minha vida e a dos pacientes que me procuram diariamente no consultório.




Apesar de estar a cada momento me surpreendendo com a genialidade desses grandes mestres do psiquismo humano, a todo instante uma voz interna me diz que eles não falaram tudo, não exploraram tudo e que há muito mais, infinitamente mais do que aquilo que conseguiram atingir em seus respectivos tempos como encarnados no planeta.




Sendo cada pessoa uma individualidade e vivendo cada um, um momento cósmico e consciencial diferente do outro, a mesma receita de um não serve ao outro, mesmo tendo um modelo de desenvolvimento psicológico quase comum entre todos nós. O que difere é que a sensação e o sentimento se desenvolvem de forma diferente para cada um, mesmo que estejam vivendo momentos semelhantes.




A cada dia no meu trabalho tenho encontros com a felicidade e com a infelicidade -sempre a partir de mim - lidando com os intrincados problemas emocionais que me são trazidos nas sessões de psicoterapia, nas quais, apenas como auxiliar ou facilitador, vou colaborando com o paciente até encontrar as alternativas que sejam melhores para o seu coração. É interessante como cada um valoriza sua felicidade e conquistas ou sua infelicidade e aparente derrota, dependendo do seu momento e daquilo que está enganchando em seu subconsciente. Estar ou ser feliz depende do entendimento do funcionamento de nossa psique e dos enganchamentos que faço - ou abro mão de fazer - em todas as relações que estabeleço em minha vida: as comigo mesmo, as com a sociedade em geral ou com as outras pessoas com as quais convivo na intimidade.




Quando eu me permito estar feliz?







Quando eu estou em mim. Apenas quando eu estou em minha mente interior.




Recentemente foram divulgados pela imprensa os manuscritos do Apostolo Dídimo Judas Tomé, encontrados em Nag Hammad, no Egito, em 1945. É citado por alguns historiadores de ter sido o livro sagrado dos Essênios, povo com que comprovadamente Jesus conviveu.




Num dos trechos dos textos desse evangelho considerado apócrifo pela igreja católica, encontramos a seguinte afirmação: “O reino de Deus está no interior de cada um de nós e não no céu”. Esta afirmação confirma a explicação dada pela Psicologia Transpessoal, quando diz que uma parte de nossa psique se chama Superconsciente, ou Eu Superior, e esta estrutura só pode ser acessada em perfeito silêncio, em perfeita interiorização, numa centralização em nosso coração.




Pensem: se este evangelho de fato é real e Jesus disse o que está escrito acima, e se isto fosse passado ao ser humano desde aquela época? Certamente seríamos mais livres, mais inteiros, estaríamos mais contentes conosco, pois teríamos aprendido a praticar a mente interior e não ter de ficar milhares de anos praticando a mente exterior que é o domínio do corpo emocional, ficando presos nas emoções do nosso passado e deixando de viver o hoje, o agora, o meu melhor.




Mas como a proposta deste artigo é refletirmos sobre minhas escolhas e permissões de sermos felizes, vamos explicar as duas mentes, para que você tire suas conclusões e escolha aquilo que entender melhor para sua vida.




MENTE EXTERIOR: esta é a mente do ego. É o Corpo Emocional comandando. Normalmente o ser humano se utiliza desta mente quase o tempo todo. Como ela é fora do ser, está relacionada a ficar pensando em fatos já ocorridos (passado) ou fatos que “poderão” acontecer (futuro). Ficar nesta mente tira, com toda certeza, a possibilidade de qualquer pessoa ser feliz, pois só poderemos ser felizes no agora, no presente. Viver o passado normalmente nos ajuda a entrarmos em depressão, e viver o futuro, certamente nos levará à insegurança e ansiedade.




MENTE INTERIOR: esta é a mente da alma. Em nossa estrutura, a alma, ou Corpo Crístico, é acessada pelo coração. Estar na Mente Interior é ficar em nosso coração. É preencher seu espaço com você mesmo. É se sentir dentro do seu peito, como se você entrasse em si mesmo, no seu peito e lá permanecesse o tempo todo. Só assim poderemos viver nosso presente, nosso agora e o presente é o único momento que eu tenho para viver. Não posso ser feliz ontem ou amanhã. Só posso ser feliz no presente, no hoje.




O meu caminho como psicotarapeuta tem me ensinado que a grande maioria das pessoas tem usado a Mente Exterior. Vivem presas às experiências negativas do seu passado, sendo desta ou de outras vidas e se auto-sustentam nas emoções negativas geradas pelas vivências de dores, agressões, mágoas em que ficaram presas em sua criança interior, e não dão um passo importante para sua cura, que é ficar no hoje, no agora, no coração. Infelizmente nos acostumamos a ficar na queixa e na dor e não no nosso melhor.




Se você, leitor, quiser fazer um pequeno teste com sua vida emocional e ver o poder de cura e mudança que há dentro de você, nós lhe damos a seguinte dica. Pegue uma situação repetitiva sua, um comportamento que sempre lhe aparece e com o qual tem dificuldade de conviver ou realizar mudanças; quando este comportamento se apresentar novamente, com toda certeza, vai leva-lo a uma situação do passado ou do futuro e vai apresentar sua queixa. Neste momento diga a você mesmo que escolheu ficar no seu coração. No seu agora e sem nenhuma queixa. Imagine-se respirando no coração algumas vezes e sinta-se todo e inteiro dentro do seu coração. Não dê outra possibilidade ao seu pensamento que não a de repousar dentro do seu coração. Toda vez que o pensamento quiser lembrar do fato ou queixa que o leva fora de você mesmo, volte, respire no coração e se sinta sendo preenchido por você mesmo.




Tenho certeza que neste momento você saberá responder a questão título deste artigo: Quando eu me permito ser ou estar feliz?




O autor destes textos:

IRINEU DELIBERALLI



Padre Fábio de Melo fala que, a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã! Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas. Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores... Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você, afinal, você merece muito mais que qualquer coisa. Cuidado com os amores passageiros... eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam... Cuidado com os invasores do seu corpo... eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem... Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar... eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena... Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí... elas costumam estragar o nosso referencial da verdade... Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos... elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo. Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo. Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz. Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida. Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito... A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..." Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões. Deus resolveu reformar o mundo, e escolheu o seu coração para iniciar a reforma. Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu pra duvidar... (?)







Frágil Felicidade




Sueli Pantojo Morrighan







Por que nossa vida é repleta de ansiedade, inquietação e desespero? Por que parece estar sempre longe a paz , o amor e a felicidade? Por que a competição é característica do ser humano? A maioria de nós supõe que nossos desejos são verdadeiros guias que nos conduzem a felicidade; mas ninguém consegue encontrar a felicidade movido por desejos emocionais. Nossas vontades e desejos são sedutores; disfarçam-se em "necessidades" que devem ser satisfeitas para que possamos ser felizes e de ilusão em ilusão a vida continua...A dor faz parte da vida, faz parte das várias fases que experimentamos e de todo o processo de evolução. Eu, você e mais bilhões de pessoas que vivem neste planeta gostariam de não sentir esse e tantos outros sentimentos que, quando nos acometem, parecem que não vão embora nunca, como o desespero, desânimo, tristeza, insegurança, medo, inveja, fragilidade, sensação de inferioridade, etc.




Muitas vezes não nos damos conta do que somos capazes de conquistar, de realizar e de transformar enquanto não somos tomados por uma profunda dor. Só conseguimos transpor nossas limitações quando nos sentimos arrasadas e desesperados pelo que estamos sentindo. Muitos de nós só conseguem visualizar uma nova maneira de viver a vida, uma nova chance de viver e um novo ânimo para recomeçar quando toda a dor já foi vivenciada; reinventar o nosso próprio mundo! E, desta forma, podemos redescobrir a possibilidade de ser feliz, de ter paz! Sendo assim, toda vez que a dor crescer dentro de você; toda vez que a sua tristeza transbordar e todo o mundo parecer inundado de uma escuridão sem fim, abrace o seu sofrimento, abrace suas limitações e, tome uma atitude. Lembre-se da frase: "Se você continuar tendo as mesmas atitudes que sempre teve, vai continuar obtendo os mesmos resultados que sempre obteve". Se você deseja uma nova vida, tome uma nova atitude.

Faça acontecer!

Tudo na vida tem duas polaridades, uma positiva e outra negativa, vejo pessoas que tem muita dificuldade de chegar a um acordo, pois suas mentes endureceram e suas personalidades tornaram-se possessivas e inflexíveis.




Infelizmente percebo essa atitude na maioria das pessoas com quem convivo, como se fosse um aspecto inevitável. Acredito que a inflexibilidade vem da insegurança, muitas pessoas adquirem algo e por medo de perder, constroem uma postura mental em forma de escudo para proteger-se. Fazem uma redoma em sua volta; o nome disso é apego e foi considerado por Buda o grande mal da humanidade. Ser flexível é uma verdadeira arte, também é simples pois basta considerar que sua versão do fato pode ser ultrapassada. E o reflexo disso pode ser o medo, o orgulho ou a vergonha. Tem pessoas que a gente empurra a vida inteira, mas ela resiste e continua do mesmo jeito, continua reclamando, e seu sofrimento foi inútil, não lhe ensinou nada. As emoções negativas são guias enganosos para ações eficientes em nosso dia a dia. As cicatrizes que adquirimos com o tempo são feridas emocionais que levam-nos a perceber diferenças que nos deixam tensos, céticos e perturbados. O ideal é aprender a fazer dos erros acertos para tornar nossa vida de qualidade e muito prazerosa. "Onde há amor, há luz para iluminar todas as tristezas".








Este video tem como objetivo demonstrar o verdadeiro sentido da vida e principalmente o segredo para a verdadeira felicidade. Feche os olhos, se concentre e conquiste um excelente relaxamento.



Felicidade Realista

O texto é de Mario Quintana.
 Música: Hier Encore Charles Aznavour .










Felicidade Realista




A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis.

Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão.

Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.

Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno.




Olhe para o relógio: hora de acordar.




É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade...




Mário Quintana




Idade para ser feliz



Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE, também conhecida como AGORA ou JÁ e tem a duração do instante que passa...




Mário quintana




Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado.




E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.

Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente.

A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras demita-se. Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.



Mário Quintana




Esta música de LUIZ TATIT - interpretada por Zelia duncan,
fala do sentir-se feliz sem motivo algum para estar.



                                               Abaixo do video está a letra desta linda música





Felicidade

Luiz Tatit
Composição: (Luiz Tatit)


Não sei porque eu tô tão feliz
Não há motivo algum pra ter tanta felicidade
Não sei o que que foi que eu fiz
Se eu fui perdendo o senso de realidade
Um sentimento indefinido
Foi me tomando ao cair da tarde
Infelizmente era felicidade
Claro que é muito gostoso
Claro que eu não acredito
Felicidade assim sem mais nem menos é muito esquisito

Não sei porque eu tô tão feliz
Preciso refletir um pouco e sair do barato
Não posso continuar assim feliz
Como se fosse um sentimento inato
Sem ter o menor motivo
Sem uma razão de fato
Ser feliz assim é meio chato
E as coisas nem vão muito bem
Perdi o dinheiro que eu tinha guardado
E pra completar depois disso
Eu fui despedido e estou desempregado
Amor que sempre foi meu forte
Não tenho tido muita sorte
Estou sozinho, sem saída, sem dinheiro e sem comida
E feliz da vida!!!

Não sei porque eu tô tão feliz
Vai ver que é pra esconder no fundo uma infelicidade
Pensei que fosse por aí, fiz todas terapias que tem na cidade
A conclusão veio depressa e sem nenhuma novidade
O meu problema era felicidade
Não fiquei desesperado, não, fui até bem razoável
Felicidade quando é no começo ainda é controlável

Não sei o que foi que eu fiz
Pra merecer estar radiante de felicidade
Mais fácil ver o que não fiz
Fiz muito pouca aqui pra minha idade
Não me dediquei a nada
Tudo eu fiz pela metade, porque então tanta felicidade
E dizem que eu só penso em mim, que sou muito centrado
Que eu sou egoísta
Tem gente que põe meus defeitos em ordem alfabética
E faz uma lista
Por isso não se justifica tanto privilégio de felicidade
Independente dos deslizes dentre todos os felizes
Sou o mais feliz

Não sei porque eu tô tão feliz
E já nem sei se é necessário ter um bom motivo
A busca de uma razão me deu dor de cabeça, acabou comigo
Enfim, eu já tentei de tudo, enfim eu quis ser conseqüente
Mas desisti, vou ser feliz pra sempre
Peço a todos com licença, vamos liberar o pedaço
Felicidade assim desse tamanho
Só com muito espaço!



                        A arte de ser feliz


Para ser feliz, aprenda a rir de si mesmo. Isso vai te tornar uma pessoa mais agradável para os que te cercam e vai te ensinar a ver a vida com menos seriedade.

Rir não é só o melhor remédio, é um tratamento completo. Ria, ria sempre.

Aprenda que os outros não são responsáveis pelos seus problemas; eles podem até oferecer um ombro, mas cada qual carrega a sua cruz; porém saiba que quem te oferece um ombro é o tesouro mais precioso que você poderia encontrar.

Aprenda também que você não é responsável pelos problemas alheios. Oferecer a mão, o ombro, o sorriso fará de você um bom samaritano e o melhor dos amigos, mas jamais você poderá viver o que não te pertence. Cada um de nós deve viver e conviver com as conseqüências dos próprios atos.

Aprenda que decepções e mágoas fazem parte do caminho, como ervas daninhas. Ninguém está livre delas e de uma maneira geral chegam quando mais precisamos ver e sentir as flores. Porém quando conseguimos vencê-las o campo fica muito mais bonito de se olhar e sentir.

As rosas não são menos belas por possuírem espinhos. Portanto, não exija de si mesmo e nem dos outros a perfeição. Seja apenas o que você é, seja verdadeiro. Os que te amarem além da sua aparência serão aqueles pelos quais sua vida vai valer a pena.

Seja apenas isso: feliz! Com arte, com cor, com muito bom humor. As coisas simples são normalmente as que pensamos por último, mas geralmente são a base de uma vida equilibrada.





Letícia Thompson




O SEGREDO DA FELICIDADE









Um infeliz homem que,amargurado por não encontrar a felicidade, fechou a pobre casa,e foi mundo afora, à procura deste estado intimo do espírito.  Percorreu todos os caminhos, todas as nações , todos os povos, sem descansar, até encontrar o lugar que acharia encontrar para ser feliz.  Onde chegava, reunia ele um pequeno grupo ao qual explicava os planos que tinha para ser feliz...Afirmava que seus seguidores seriam felizes na posse de regiões gigantescas, onde haveria montes de ouro...mas o povo lamentava e ninguém o seguia... no dia seguinte, recomeçava a caminhada.Assim, foi percorrendo cidades e cidades, de país em país,anos a fio...  um dia percebeu que estava ficando velho, seus cabelos brancos, suas mãos enrijecidas e cansado de tanto procurar essa tal felicidade...




...foi quando parou em frente a uma casa antiga, janelas de vidro quebradas, o mato cobrindo o canteiro do jardim, poeira invadindo todos os cantos dela, e ninhos de passarinhos construídos pelos pardais. PENSOU E TOMOU UMA DECISÃO : Vou tratar de ser feliz aqui. Arrumaria o telhado,colocaria novas janelas e vidros novos,cuidaria do jardim,pintaria as paredes...e cantaria a canção da felicidade.
Foi quando parou e ficou imóvel, qual estátua de pedra:  AQUELA CASA ERA A PRÓPRIA RESIDÊNCIA QUE ELE ABANDONARA HÁ TANTOS ANOS, A PROCURA DA FELICIDADE...

Autoria desconhecida



MORAL DA HISTÓRIA :
“Felicidade não é conquistar o que se deseja, mas continuar desejando o que já conquistou!”




2 comentários:

  1. Agradecida pelas palavras que reconfortam tanto, e também nos dão um norteamento nos momentos de desânimo. Posso sentir-me melhor agora! Seu blog é muito valioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta satisfação eu sinto em saber que alguém colheu frutos das sementes que plantei .Minha intenção é exatamente essa, ajudar a quem precisa compartilhando esses maravilhosos textos que também me foram de grande valia.
      Obrigada e volte sempre!! Rejane

      Excluir

Muito obrigada pela visita.
Volte sempre!!
Rejane

"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe "Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!" Clarice Lispector

Textos no arquivo :

Mudanças


"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma... Todo o universo conspira a seu favor!" - Goethe





"Sou sempre eu mesma,mas com certeza não serei a mesma para sempre!"



Clarice Lispector